home / notícias / Bom Dia Brasil: Quem recebe dois salários mínimos voltou a pagar IR, aponta Unafisco

COMPARTILHAR

Bom Dia Brasil: Quem recebe dois salários mínimos voltou a pagar IR, aponta Unafisco

Cálculos feitos pela Unafisco Nacional que mostram o retorno da cobrança do Imposto sobre a Renda (IR) para trabalhadores com rendimento mensal de dois salários mínimos foram destaque em reportagem exibida pelo Bom Dia Brasil, da TV Globo, nesta quarta-feira (17/1). Clique aqui para assistir na íntegra.

Segundo levantamento da entidade, com o reajuste do salário mínimo para R$ 1.412, em 2024, e o congelamento da faixa de isenção da tabela do IR, quem recebe mensalmente R$ 2.824 (equivalente a dois salários mínimos) pagará R$ 13,80 de imposto todo mês. No ano, o desconto do IR será de R$ 165,59.

É um dinheiro que vai nos fazer muita falta para suprir uma necessidade familiar: a compra de um remédio, pagando uma água, uma luz ou até mesmo uma conta para suprir uma necessidade maior”, disse o cozinheiro José Nildo dos Santos, entrevistado pela reportagem.

Alívio durou pouco. Em agosto do ano passado, o presidente Lula sancionou uma lei que isentou do IR aqueles que recebiam mensalmente até dois salários mínimos (R$ 2.112, em 2023). Por meio de artifícios incluídos na matéria, que começou a valer em maio daquele ano, a isenção estendia-se para trabalhadores com renda mensal de até R$ 2.640. Ao não reajustar a faixa de isenção na tabela do IR, o governo anulou sua própria medida. Ou seja, o alívio para essa parcela da população durou menos de um ano.

O Bom Dia Brasil mostrou que, de acordo com a Unafisco, a defasagem acumulada, desde 1996, na faixa de isenção da tabela do IR é de 134%. Nas outras faixas do imposto chega a 159%.

Para o presidente da Unafisco, Auditor Fiscal Mauro Silva, entrevistado pela reportagem, a não correção da tabela do IR “é uma injustiça tributária que, governo após governo, permanece. O governo Lula, embora tenha iniciado uma correção, está cometendo o mesmo erro de governos anteriores de manter a tabela do Imposto de Renda congelada.”

A reportagem citou que, embora não haja previsão de correção da tabela neste ano, ao aprovar a Reforma Tributária, o Congresso incluiu um artigo definindo que o governo apresente um projeto de lei, até o final de março, para reformar a tributação sobre a renda.

Assista, a seguir, à reportagem na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=2HCkcoXoc5c

Veja a matéria original: https://unafisconacional.org.br/bom-dia-brasil-quem-recebe-dois-salarios-minimos-voltou-a-pagar-ir-aponta-unafisco/

COMPARTILHAR

2 comentários

  1. Nilta Teixeira Costa Ramalho disse:

    FAZ O “L”
    Isso é o mínimo que se pode esperar desse governo que ai esta

  2. JACI LAGE disse:

    E as questões do Grupo Fisco, inclusive já ganhas na Justiça? Gostaria de ver os devidos cuidados e providências deste Sindicato.
    Os trabalhadores em geral, os devidos sindicatos e o próprio governo está adotando as devidas providências. Para isso a população elegeu.

Deixe o seu comentário!

Av. Tancredo Neves, 2227, ED. Salvador Prime Torre Work, sl 515 Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41820-021

(71) 4062-7013 / (71) 2132-9568 / (71) 3052-4414 (71) 98421-6729

FECHAR