home / notícias / Justiça derruba liminar que designava analistas para desembaraço

COMPARTILHAR

Justiça derruba liminar que designava analistas para desembaraço

A desembargadora Maria do Carmo Cardoso, do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª. Região, julgou nesta sexta-feira (25/4) o Agravo de Instrumento interposto pelo Unafisco e decidiu favoravelmente aos Auditores-Fiscais. A decisão cassa a liminar concedida pela 1ª Vara da Justiça Federal de Manaus, que, de forma inusitada, havia designado uma comissão extraordinária de analistas-tributários para atuar nos procedimentos de desembaraço aduaneiro, importação e exportação de mercadorias.
A desembargadora acolheu os argumentos do Unafisco no sentido de que a designação de ocupantes de cargo desprovido de competência legal e de capacidade técnica coloca em risco a defesa da sociedade e da segurança coletiva. A desembargadora determinou a formação de uma comissão de Auditores-Fiscais para atender às liminares no porto e no aeroporto de Manaus. Além disso, proibiu a disponibilização de senhas e perfis do SISCOMEX aos analistas e o exercício das atividades privativas dos Auditores-Fiscais.
Sem dúvida, essa decisão é uma grande vitória da Classe, pois retoma o ordenamento jurídico constituído, reafirma que o desembaraço aduaneiro é uma atribuição privativa dos Auditores-Fiscais e, como tal, não pode ser desempenhada por outros servidores.

COMPARTILHAR

Sem comentários

Deixe o seu comentário!

Av. Tancredo Neves, 2227, ED. Salvador Prime Torre Work, sl 515 Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41820-021

(71) 4062-7013 / (71) 2132-9568 / (71) 3052-4414 (71) 98421-6729

FECHAR