home / notícias / STF declara inconstitucionalidade de lei mato-grossense que enquadrou servidores na área de saúde

COMPARTILHAR

STF declara inconstitucionalidade de lei mato-grossense que enquadrou servidores na área de saúde

Fonte: STF ( http://www.stf.gov.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=76177&tip=UN)

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal julgou procedente, nesta quarta-feira (7), a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3442, na qual o procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, impugna os artigos 68, 69 e 70 da Lei 8.269/2004, do estado de Mato Grosso.

Esta lei instituiu a carreira de profissionais do Sistema Único de Saúde do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso e enquadrou servidores das carreiras dos profissionais de Desenvolvimento Econômico e Social, do Sistema Prisional e do Sistema Sócio-educativo, que ocupam cargos com perfil da área de saúde, na carreira de profissionais do Sistema Único de Saúde.

Os demais ministros presentes à sessão endossaram voto do relator, ministro Gilmar Mendes, que acolheu a tese da Procuradoria Geral da República (PGR) de que os dispositivos mencionados violam o artigo 37, II, da Constituição da República, que exige a realização de concurso público para provimento de cargo ou emprego público.

COMPARTILHAR

Sem comentários

Deixe o seu comentário!

Av. Tancredo Neves, 2227, ED. Salvador Prime Torre Work, sl 515 Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41820-021

(71) 4062-7013 / (71) 2132-9568 / (71) 3052-4414 (71) 98421-6729

FECHAR