home / notícias / Opinião pública começa a se manifestar contra o trem da alegria

COMPARTILHAR

Opinião pública começa a se manifestar contra o trem da alegria

O Espaço do Leitor de hoje de A Tarde, uma das seções mais lidas do jornal, traz carta de Luciana Lins, de Juazeiro, com elogios à matéria "Proposta ameaça concurso para auditor fiscal", capa do caderno de empregos do dia 06 de junho. Luciana classifica de injusta e incoerente a proposta do sindicato dos servidores da Fazenda de promover 1.200 agentes de tributos a auditores fiscais por decreto. Diz a leitora: "…É possível perceber que o pedido do Sindicato … de unificação das carreiras de agente fiscal de tributos e auditor fiscal, é algo de difícil entendimento. Vários pontos representam injustiça e incoerência. Injustiça com aqueles que enfrentaram um vestibular, realizaram um curso de bacharelado de quatro ou mais anos, prepararam-se durante muito tempo e prestaram um concurso muito concorrido de nível superior. Os agentes de tributos realizaram concurso de nível médio, fizeram curso seqüencial que não exige vestibular e querem a igualdade", escreveu. E apontou o caminho mais correto: "Caso eles se achem preparados para assumir os cargos de auditor fiscal, devem prestar concurso; pois terão grandes chances de aprovação. Acredito na coerência e na justiça, por causa disso escrevi esta carta, para manifestar o meu pensamento sobre matéria tão bem escrita desse brilhante jornalista".

COMPARTILHAR

Sem comentários

Deixe o seu comentário!

Av. Tancredo Neves, 2227, ED. Salvador Prime Torre Work, sl 515 Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41820-021

(71) 4062-7013 / (71) 2132-9568 / (71) 3052-4414 (71) 98421-6729

FECHAR