home / notícias / Na democracia, o limite da autoridade é a lei, afirma governador

COMPARTILHAR

Na democracia, o limite da autoridade é a lei, afirma governador

GOVERNADOR REAFIRMA "NA DEMOCRACIA O LIMITE DA AUTORIDADE É A LEI"

Reafirmando a postura que tem tido ao longo do seu mandato, o governador Jaques Wagner, em discurso proferido em 12 de setembro, quando da apresentação do plano de segurança municipal para as próximas eleições, disse que não admite intervenção política de qualquer tipo na Secretaria de Segurança Pública. "Sem olhar no retrovisor, que não é meu hábito, é preciso reconhecer que a concepção e a filosofia que presidiam o governo do Estado entendiam que a Polícia Militar, a Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Civil eram do governo, o que é um equivoco profundo". E acrescentou "Todo governo é transitório e as instituições são definitivas…. Na democracia, o limite da autoridade é a lei".

Acreditamos que esta postura também deve ser aplicada a Secretaria da Fazenda.

Exercendo de forma profissional o seu compromisso, os funcionários da Sefaz não podem ser confundidos com funcionários do governo. Integramos um organismo que tem primado pela eficiência e pelo respeito às leis. O resultado do nosso esforço tem sido reconhecido não apenas no âmbito estadual, somos hoje referência nacional em administração tributária. O modelo de gestão adotado apresentou e vem mantendo um desempenho superior a outras unidades da Federação.

Veja o discurso do governador no site Bahia Notícias de Samuel Celestino:

http://www.samuelcelestino.com.br/docs/Jaques_Wagner_PM_eleicao.php.wmv>

COMPARTILHAR

Sem comentários

Deixe o seu comentário!

Av. Tancredo Neves, 2227, ED. Salvador Prime Torre Work, sl 515 Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41820-021

(71) 4062-7013 / (71) 2132-9568 / (71) 3052-4414 (71) 98421-6729

FECHAR