home / notícias / CPMF é melhor com alíquota reduzida, admite Palocci

COMPARTILHAR

CPMF é melhor com alíquota reduzida, admite Palocci

Fonte G1

O relator da proposta do governo de prorrogar a Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF) na comissão especial da Câmara dos Deputados, deputado Antonio Palocci (PT-SP), ex-ministro da Fazenda, disse nesta terça-feira (11), acreditar que o tributo é "bom", mas desde que tenha "alíquota reduzida".

A análise feita por Palocci vai de encontro ao que pede o governo federal, que é a manutenção do tributo com a atual alíquota de 0,38% até 2011. A previsão para este ano é de que a CPMF arrecade R$ 36 bilhões e, em 2008, cerca de R$ 39 bilhões. "Se pudermos ter alíquota mais baixa ao longo da próxima década, melhor", disse Palocci. A explicação para a manutenção da CPMF é que a Receita Federal utiliza os dados do tributo para coibir a sonegação fiscal.

Palocci avaliou, porém, que a extinção do tributo no final de 2007 poderia prejudicar o equilíbrio das contas públicas. "Só pode ser extinta ao longo do tempo. Não é sustentável cortar R$ 40 bilhões de uma hora para outra. Se o debate evoluir para que o tributo seja extinto, não pode ser feito abruptamente", afirmou o ex-ministro da Fazenda.

Leia íntegra aqui: http://g1.globo.com/Noticias/Economia/0,,MUL102724-5599,00.html

COMPARTILHAR

Sem comentários

Deixe o seu comentário!

Av. Tancredo Neves, 2227, ED. Salvador Prime Torre Work, sl 515 Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41820-021

(71) 4062-7013 / (71) 2132-9568 / (71) 3052-4414 (71) 98421-6729

FECHAR