home / notícias / Brasil é credor externo líquido em US$ 6,93 bilhões

COMPARTILHAR

Brasil é credor externo líquido em US$ 6,93 bilhões

Ana Paula Ribeiro – Folha Online

O Brasil terminou o mês de janeiro como credor externo em quase US$ 7 bilhões. Isso significa que os ativos em moeda estrangeira do país, basicamente as reservas internacionais, superam toda a dívida externa brasileira.

Segundo estimativa do Banco Central, a dívida total para o mês passado era de US$ 196,2 bilhões. Já os ativos somaram no período US$ 203,190 bilhões – sendo que a maior parte é referente às reservas em moedas estrangeiras (US$ 187,507 bilhões).

Ou seja, o Brasil está com uma dívida externa total líquida negativa em US$ 6,983 bilhões, o que coloca o país na posição de credor externo. Essa dívida é quando se reduz da dívida externa bruta os ativos que o país possui no exterior.

Além das reservas, o Brasil possuía em janeiro US$ 2,819 bilhões em créditos no exterior e US$ 12,864 bilhões em haveres de bancos comerciais.

O dado divulgado hoje supera a expectativa do BC, que na semana passada afirmou que o Brasil era credor externo em cerca de US$ 4 bilhões.

Ao final de 2007, as reservas estavam em US$ 180,3 bilhões, um crescimento de 110% no ano. Essa expansão foi conseqüência, principalmente, das compras de dólares efetuados pelo BC ao longo do ano passado. Entre 2003 e 2007, as compras chegaram a US$ 141,3 bilhões, sendo que 55,6% desse total foi realizado no ano passado.

COMPARTILHAR

Sem comentários

Deixe o seu comentário!

Av. Tancredo Neves, 2227, ED. Salvador Prime Torre Work, sl 515 Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41820-021

(71) 4062-7013 / (71) 2132-9568 / (71) 3052-4414 (71) 98421-6729

FECHAR